Trocar o MVP por MVO

Tempo de leitura: 3 minutos

Disclaimer: Durante o post sempre que mencionar o termo “Produto mínimo viável” fá-lo-ei através de “MVP”. O mesmo acontecerá com “Oferta mínima viável” – “MVO”. Considere-se também o termo “oferta”, como aquilo que entregamos ao cliente.

 

Acredito que conheçam o termo: “Produto mínimo viável – PMV” (em Inglês: Minimum Viable Product – MVP). É um termo criado por Frank Robinson, e muito mencionado por Steve Blank, Guy Kawasaky ou Eric Ries.
De uma forma muito resumida, produto mínimo viável é a arte de criar um produto apenas com as características-base e o essencial, de forma a validar e iterar o produto.
Eu não acredito no conceito singular da construção de MVP’s. Isto é, acredito. Apenas acho que o conceito é limitativo.
Porquê? A verdade é que normalmente, no início de um projeto, começamos por validar o business model e o produto, e existe um foco muito grande no MVP como small picture, quando é essencial ter uma perceção de big picture.
Por isso, ao invés de criamos um MVP, deveríamos criar um MVO (Minimum Viable Offer).
O que é isto de uma “Oferta Mínima viável – OMV”?
É um conjunto de ações que disponibilizam um conjunto mínimo de benefícios necessários para um cliente desejar e pagar por aquilo que estamos a oferecer. E dentro deste MVO estão por vezes vários MVP’s.
O que tenho sentido é que desenvolvemos normalmente um MVP sem a preocupação de criar tudo o resto à volta disso. Como exemplo, para o Myskool, além de criar um MVP, criamos descrições, apresentações, reuniões, entrevistas, case studies, demos em IFTTT, cursos em Drip marketing, tutoriais e ebooks – apenas para um MVP.
E atenção que isto não é o marketing do produto! É apenas tudo o que é necessário e paralelo para validar a MVO.
Provavelmente inconscientemente já o fazíamos, mas a verdade é que se tivermos um sempre presente este conceito mais abrangente, nunca nos esquecemos que, além do MVP, existe muito trabalho paralelo por fazer. E que faz tudo parte de apenas um bloco dentro da big picture “Projeto/Empresa”

E se até aqui o MVP ajudava a minimizar o risco, acredito que o conceito MVO irá ajudar muito mais.

Podes subscrever a minha newsfeed aqui.
Também poderás gostar de ler: Vamos construir um Produto Mínimo Viável?